Muito tempo depois

Eu não tenho mais 17 anos.
Não tenho mais o cabelo comprido.
Lavo a minha roupa no tanque, todo domingo.
Faço meus almoços e jantares todo o final de semana.
A partir de segunda feira, trabalho como aspirante de bibliotecária.
 
Não consigo me manter em ordem. Minhas vitórias e minhas derrotas estão encavaladas demais, e eu não dou conta. Enlouqueço e me acalmo todos os dias. Choro e me descabelo, tenho ciúmes e tenho inveja, cometo todos os pecados nos quais Dante conseguiu pensar… Tenho stress porque apesar de tudo, continuo paulista, tenho orgulho porque me odeio. Mas ainda estou viva, sabe?
 
Isso tudo é pra confessar: não, eu não posto mais no space. Mas todo escritor tem uma veia saudosista, por mais que resista. Tenho um blog mais atualizado agora, eu diria.
 
 
Agradeço qualquer esforço de contato… 
Anúncios