Avatar e entretenimento

Antes de tudo, eu queria falar sobre a tamanha tentação que é não criar um vlog, seguindo o que eu fiz na semana passada. É cansativo, mas divertido. Enjoei de olhar pra minha cara durante as horas de edição, mas valeu pra ouvir a minha mãe dizer no telefone domingo: “Amaaaaaanda, você tá linda no youtube”. Hahaha. Mãe é uma coisa muito doida.

Mas o assunto de hoje: assisti Avatar, finalmente. Como o post não se chama “Comentário: Avatar”, só digo por cima que ele é estupidamente longo (duas horas e trinta e cinco minutos? Oi, Senhor dos Anéis?), mas MUITO legal. Sério mesmo, eu curti cada um dos trezentos e cinquenta mil minutos do filme. E nem senti tanta falta dos efeitos especiais. Uma coisa que tem me incomodado muito a respeito dos filmes que tão sendo lançados ultimamente é o fato de que TUDO agora é lançado na merda do 3D. Gente, que chatura! Só pra eu ter que pagar o dobro pra ir no cinema e usar um óculos com duas cores? Triste, mas vou ter que assistir algum filme em 3D pra falar mal com propriedade, agora. Olha que tristeza. Alguém quer ir ver Alice comigo?

Como eu digo aos meus alunos: focus…

Como ia dizendo, Avatar é muito legal. Apesar de ter exatamente o mesmo enredo de Pocahontas – e eu já tinha sido alertada disso, motivo de eu ter demorado tanto pra ver, além do 3D – , é muito divertido. Você realmente se apega aos personagens, e fica puto com os vilões, tudo. Passa o filme todo achando que vai acabar em tragédia, achando que seria impossível o Sully ficar com a… a mocinha azul. Neytiri?

Hoje de noite contei prum amigo meu que finalmente tinha visto Avatar e tinha adorado. Daí ele me perguntou diretamente “E é bom mesmo?”, daí eu parei. “Bom, ele é um grande entretenimento. É divertidíssimo, não é tempo perdido assistir, de jeito nenhum. Dá até pra abstrair um tiquinho nessa coisa de colonizar civilizações, mas isso é muito raso, obviamente, por isso foi um blockbuster. Eu gostei, mas não é um filme intelectual. É legal apesar de ser tão cheio de grana.”

Bom,

claro que eu não fui tão articulada na hora. Vocês viram no vídeo que eu sou um ser que não consegue elaborar uma coisa dessas sem pensar muito antes, apertar o backspace na cabeça e tal.

O que eu quero dizer com tudo isso é na verdade bem simples: eu costumo separar o fato de uma coisa ser bem feita ou intelectualmente profunda do fato de eu ter gostado dela ou não. Odeio essa gente que só tem gostos intelectuais. Que só lê crássicos. Gente, hoje eu recebi por e-mail o primeiro capítulo do sétimo livro do Artemis Fowl e fiquei que foi pura felicidade. Adoro Harry Potter. Adoro… que mais intelectualmente condenado que eu adoro? *procurando nas pastas de músicas* Taí, Lady GaGa. Até Avril Lavigne tem. Evanescence. Mas eu gosto de umas coisas que são consagradas, tipo Placebo. Que todo mundo diz que é bem feito musicalmente, etc etc. Eu sei lá. Sei que eu gosto. Pra eu gostar, não é realmente importante ser cabeçudo. É claro que isso não significa gostar de porcaria unanimemente. Mas se alguém me diz que só ouve Chico Buarque, Death Cab for Cutie, Bob Dylan e coisas do naipe, eu desconfio. Exceto pelo Chico, gosto dos outros mencionados, mas…

Por outro lado, outros grandes cabeçudos consagrados me dão urticária. Eu geralmente defino como “É muito bem feito, mas eu detesto”. Aí nessa lista eu coloco Machado de Assis, o último filme do Lars von Trier, o Chico Buarque… Tem algo neles que me irrita, algo de talvez intelectual demais? De fake? Eu não sei te explicar. Não acho o Machadão fake, não sei porque não gosto dele. Não gosto do Anticristo porque acho que ele é muito bem feito esteticamente, mas é vazio de sentido e dá voltas sobre um mesmo tema. O Chico é só chato mesmo. Mas sabe, gente?

O que eu tô me desesperando pra deixar claro aqui é que eu muitas vezes gosto de coisas pelas quais me condenam, porque aparentemente são vazios, mainstream ou mal feitos. Outras vezes, odeio coisas alternativas, de cafés e mostras culturais que todo mundo idolatra. Eu não gosto de ter vergonha do meu lado pop, não tenho vergonha de me identificar com coisas que são contemporâneas à minha existência – a mera idéia de se esforçar pra ter influências de vinte anos atrás é bizarra, não é? Pois é, muita gente é assim. Quer que a gente acredite que são assim. Bom, eu não sou.

Pra me entreter, não precisa muito: é só passar Ela é Demais na Sessão da Tarde! É evidente que eu também piro o cabeção lendo um Kafka, acho o Gus van Sant um cineasta do caralho. Eu sou normal! Sou a pessoa mais normal do mundo, como sempre digo.

Anúncios

2 opiniões sobre “Avatar e entretenimento

  1. Pingback: Tweets that mention Avatar e entretenimento « ThePavania -- Topsy.com

  2. Pois é, Amanda! Eu assisti Avatar. Duas vezes. Assiti normal, e depois, por ter achado que valia a pena, fui com o namorado assitir 3D. Perdi dinheiro. Quase a mesma coisa. Tipo… A legenda fica saltada pra fora da tela. Fora isso, só aquelas coisinhas que parecem semente de Dente-de-leão que ficam nitidamente com profundidade… Enfim… Alice, vi normal também. E não vou – definitivamente – pagar o dobro pra ver de novo em 3D…

    Quanto a gostos pop, fico realmente feliz que uma aluna da letras no sétimo período, membra de congregação, ex de DA e coisa e tal tenha “peito” pra assumir… Eu me lembro que no primeiro período eu quase fui apedrejada na sala de teoria da literatura quando eu torci o nariz pra Guimarães Rosa. O professor virou pra mim: “Você não gosta?” Eu: “Detesto. Apesar de reconhecer o valor dele pra literatura, detesto.” Nu! Quase que eu senti as pedras voando nas minhas costas…

    Enfim… Eu gosto de coisas “cult”, tipo Platão, Homero, filmes que só passam no cine Belas Artes, Cafés, exposições… e tal… Adoro tudo isso. Mas gosto de Harry Potter, Crepúsculo, Vampire Diaries, Lost, Avatar, Tranformers, Iron Man…

    Podem me apedrejar agora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s