A última semana

Bem… quarta-feira começou minha contagem regressiva. Daqui três dias vou pra Heathrow pegar meu voo! Todo mundo que me conhece sabe como eu estou imensamente feliz em voltar. Eu já falei muito sobre como apesar de Londres ser um lugar muito sensacional e tudo o mais, eu prefiro a vida que eu levo no Brasil. Mas veja bem, por mais que eu prefira o Brasil, é claro que tem coisas daqui que farão falta. Me perguntam muito aqui se não me bate um desespero quando eu penso que nunca mais verei as pessoas daqui, e se ver não será mais a mesma coisa, e etc.

Gente, eu não nasci ontem! Eu sabia que isso tudo ia acontecer. Sabia que ia passar oito meses construindo uma vida no exterior pra depois simplesmente deixá-la pra trás, quase como se nunca tivesse aparecido. Os amigos, o emprego, a vida acadêmica; tudo. Eu até achava que ia sofrer mais pra deixar tudo pra trás. A bem da verdade é que eu fiz três amigos de verdade aqui, um deles uma brasileira, então pra mim tá tudo certo. De qualquer forma, vou listar as coisas que me vêm à cabeça logo de cara quando penso em sair de Londres. Vou sentir falta de:

  • um transporte público eficiente. Que é horrivelmente caro, verdade, mas o do Brasil também é caro e vive deixando a gente na mão. Isso inclui segurança, poder mexer em dinheiro e eletrônicos no ônibus, o letreiro que fala o próximo ponto, mas mais importante, todo mundo ouve música com fone de ouvido.
  • tem um ponto de ônibus em Waterloo, no caminho pra faculdade, de onde dá pra ver o que acho que é a visão mais bonita de Londres: o Big Ben atrás do London Eye.
  • a função de self-checkout no supermercado, quando você mesmo passa o código de barra dos seus produtos, você mesmo paga, e pronto.
  • lugares de fast food que servem combos de frango a noite inteira
  • ouvir o sotaque português super gracinha do meu amigo português
  • o preço e a facilidade de comprar celulares, computadores, ipods, etc.
  • não ter que pagar por alguns remédios básicos, se você tiver receita.
  • a temperatura da primavera, que fica entre 10º e 18º. Só a da primavera que vai fazer falta, aliás.
  • como quase todos os problemas da sua vida são resolvíveis por telefone e imediatamente, mesmo os que você espera que tenham muita burocracia.
  • como todos os brasileiros aqui se tratam entre si com alegria extra, e os gringos ficam olhando feito bobos como a gente tá sempre extremamente feliz de se falar
  • meu quarto, que tem uma cama de verdade, mesa de verdade, espaço de verdade, ao contrário do quarto da moradia da UFMG
  • a facilidade de viajar pra outros países da Europa, incluindo preço e proximidade.
  • Donnut de chocolate.
  • Como só escurece depois das nove da noite agora na primavera
  • Como as folhas realmente caem no outono.
  • Como aqui a gente vê de verdade uma diferença de uma estação pra outra.
Enfim, é mais ou menos isso. Agora dá licença que eu vou ali no show do Belle e Sebastian. ❤
Anúncios

2 opiniões sobre “A última semana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s